Desde moleque sou fã de rock, heavy metal e todo os seus derivados. Quase cinco anos atrás eu e um amigo iniciamos uma empresa de desenvolvimento de software. Nada mais natural do que juntar as duas paixões e criar a Coderockr.

Um dos motes da empresa é “Bons programadores são únicos, assim como estrelas no mundo do rock”. Nesse post vou aumentar um pouco as analogias, envolvendo outras áreas das empresas.

O Manager

O Manager é a pessoa que negocia os shows, que assina os contratos da banda com gravadoras, que vende os direitos autorais das músicas. Os Beatles não seriam ninguém sem o Brian Epstein fazer sua parte e colocá-los em grandes contratos. A Apple ainda estaria na garagem do Woz se o Steve Jobs não tivesse colocado um terno e vendido os primeiros computadores.

O Tour Manager

É a pessoa que gerencia o dia a dia das tours. Que controla os custos, os horários, as passagens, a compra de equipamentos, o seguro da banda, etc. São os nossos gerentes de projetos, diretores, pessoas sem as quais as bandas e as empresas ficam perdidas, sem controle.

O Frontman

É aquela pessoa que serve de exemplo, de líder dentro da banda. As pessoas se inspiram nela, tanto os outros membros da banda quanto os fãs. Nas empresas esse papel é feito pelos líderes técnicos, pelos CTOs, pelas pessoas que estão no dia a dia da empresa ou de um projeto e que tem experiência e respeito do restante da equipe. São eles quem os gerentes vão procurar quando precisam detalhes mais técnicos e são eles que são procurados pelo restante da equipe para encontrar caminhos para resolver problemas. Na música temos grandes nomes como Ozzy Osbourne, Bruce Dickinson, Jimmy Page, Lemmy Kilmister.

A banda

São os astros do show. São eles que trazem o público para os estádios, que usam seu talento e esforço para gerar lucro para a banda. Nas empresas são os desenvolvedores, os médicos, os professores de uma escola, os engenheiros, pedreiros, etc. Tanto na música quanto nas empresas é preciso encontrar um grupo talentoso, esforçado e que consiga trabalhar bem em conjunto, em sincronia para criar grandes músicas e grandes projetos.

A Road crew

São os técnicos e pessoas que dão o suporte para que os shows aconteçam. Afinam instrumentos, garantem que o som está ajustado, que as luzes estão funcionando, que a banda tenha todos os recursos para desempenhar bem o seu papel no palco. Nas empresas são as pessoas que mantém as coisas funcionando, o pessoal do RH, da contabilidade, do financeiro, da limpeza, etc. São tão ou até mais importantes que a banda pois sem eles nada funciona.

Algumas pessoas podem acumular funções e papéis. Steve Harris é o baixista e também o Manager do Iron Maiden e em empresas pequenas é comum os sócios trabalharem em diversas funções. Também é comum um Roadie (estagiário) surgir com um grande riff de guitarra (ideia) para uma nova música (projeto) que a banda (empresa) está criando. Além disso é natural a mudança de papéis dentro da banda ou empresa, como o Lemmy que começou na road crew do Jimi Hendrix e hoje é o frontman do Motörhead.

É claro que essa é uma visão bem simplista das coisas, mas é apenas uma forma divertida de ver as funcionalidades de cada pedaço da empresa.