Já devo ter escrito isso em algum post aqui no meu site, mas tem uma frase que ouvi de uma professora há alguns anos e que relembro de tempos em tempos: “na sua carreira, sempre que você tiver um desafio que realmente te assuste você precisa fazê-lo. Na pior das hipóteses você vai aprender muito e na melhor situação você vai crescer ainda mais”.

Pensei nisso no final de 2013, quando em uma reunião com meus sócios da Coderockr decidimos dividir melhor as responsabilidades, pois estávamos nos revezando entre diversas tarefas: programando, gerenciando projetos, gerenciando a equipe, prospectando novos clientes, fazendo orçamentos, etc. Essa dinâmica funciona bem por algum tempo, mas para a empresa crescer é necessário uma melhor divisão das tarefas. Então desde Janeiro de 2014 eu assumi um papel mais gerencial e me afastei bastante das tarefas de programação. Hoje sou responsável pela prospeção de novos negócios, orçamentos e tratamento direto com clientes e parceiros. Também gerencio o andamento dos projetos, mas a um nível menos técnico, deixando essa tarefa para os meus sócios.

E esse foi o desafio que me assustou. Por mais de 15 anos eu trabalhei com aspectos técnicos, praticamente todos os dias e a ideia de não fazer isso me deixou apreensivo. Mas novamente a minha professora acertou no conselho e eu realmente estou aprendendo muito. Eu estou me divertindo muito com as novas responsabilidades de CEO (siglas moderninhas…) e me sentindo muito motivado a melhorar a cada dia. Mas como velhos costumes são difíceis de se largar eu continuo programando nas horas vagas, para manter a mente afiada :)

Pretendo escrever alguns posts sobre minhas novas descobertas aqui no site, sempre com uma pitada de programação ou comparações nerds entre as ideias de negócios e gerenciamento. Se você passou ou passa pela mesma experiência, de migrar da área de desenvolvimento para a de negócios por favor compartilhe suas aventuras aqui nos comentários.