Nesses meses como novo usário de MacOSX testei alguns editores para trabalhar com programação, principalmente com PHP, Python, HTML e CSS. Encontrei alguns interessantes. Deixo aqui minhas opiniões sobre o assunto.

Eclipse

O primeiro que testei foi o Eclipse, pois é o que utilizo no meu trabalho diário na universidade. Lá eu utilizo em ambiente Linux e no OSX tudo funcionou da mesma maneira. Só algumas telas e teclas de atalho mudam. O Eclipse é uma ferramenta muito poderosa. Instalando os plugins corretos, PDT para PHP e PyDev para Python, é possível ter todas as características que esperamos deste tipo de ambiente. O que eu mais gosto é o suporte nativo a CVS (extremamente útil para projetos maiores pois não consigo mais programar sem este recurso), o auto complete dos comandos PHP e HTML que funciona certinho, aquilo que o Eclipse chama de Outline onde ele mostra os métodos e funções do arquivo aberto, e a árvore de arquivos/diretórios que facilita o acesso rápido aos códigos. O que eu não gosto no Eclipse é a quantia de memória que ele utiliza.

Smultron

Já comentei sobre o Smultron aqui no site. É um editor bom, open source e leve. O que eu sinto falta é o equivalente ao Outline e a árvore de diretórios do Eclipse. Além disso, a interface do programa não é tão bonita quanto o resto do sistema operacional

TextWrangler

O TextWrangler é um editor feito pela mesma empresa que desenvolve outro editor famoso (e pago) para o Mac, o BBEdit. É uma versão com menos recursos do que a versão comercial, mas mesmo assim é muito bom. Leve, suporta várias linguagens de programação, interface polida, acesso a ler/gravar arquivos direto em servidores FTP/SFTP, possui algo equivalente ao Outline do Eclipse, além de ser altamente configurável. Uma boa opção. Só senti falta da árvore de diretórios para rápido acesso aos arquivos.

** Komodo Edit**

É a versão para Mac do editor do qual já comentei aqui no site. É muito bom. Rápido, possui a árvore de diretórios (que se atualiza automaticamente caso um arquivo seja criado ou excluído. Cool), é extensível usando-se plugins quase da mesma maneira que o Firefox, apesar de ainda existirem poucos disponíveis. E o auto complete é tão bom quanto o do Eclipse, se não for até melhor. Só faltou o Outline e suporte a CVS pra ser um bom substituto ao Eclipse. Mas isso só na versão paga, que por enquanto está fora do meu foco de avaliação

Vi/VIM

Lógico que não dava para esquecer do velho amigo. Outra vantagem do OSX ser derivado do Unix é poder usar o Vi. É um bom editor de programação como é possível ver nesse excelente artigo

Conclusões

Depois de testar estes softwares cheguei as seguintes conclusões:

  • Para projetos grandes, onde o CVS/Subversion é importante, o Eclipse ainda é a melhor opção.

  • Para projetos menores eu estou usando o Komodo Edit e estou satisfeito. Tenho usado ele bastante em projetos com o CakePHP e outros frameworks como o Django (ele tem suporte ao Django além do próprio Python)

  • Para editar arquivos PHP/Python de maneira rápida, sem precisar ver todo o projeto eu estou usando o TextWrangler

  • E para arquivos de configuração, como o httpd.conf e outros, o bom e velho Vim é a solução

  • É possível programar confortavelmente sem precisar comprar um TextMate ou o BBEdit (apesar do TextMate ser muito bonito)

Se alguém usa outro editor ou discorda de alguma das conclusões me avise