No último fim de semana (dia 1 e 2 de Dezembro) aconteceu em SP o primeiro PHP Conference Brasil.

Foi a primeira vez que tive a oportunidade de participar de um evento deste porte como palestrante. Posso dizer que foi uma das melhores experiências de minha carreira. Conheci muita gente legal, algumas inclusive já conheciam meu site e os textos que escrevi. É muito legal saber que você ajudou alguém a resolver algum problema ou conseguiu ensinar algo.

Mas vamos aos relatos das palestras que assisti:

  • Estendendo o padrão MVC com Zend Framework: o palestrante fez um resumo das principais características e vantagens do framework desenvolvido pela Zend, com apoio de diversas empresas de grande porte. Mostrou alguns códigos bem interessantes. A parte que mais me interessou foi sobre a idéia de Token Transactions que eles estão implementando. Resumindo evita o problema do usuário clicar diversas vezes no botão de submit ou no botão “back” do navegador. Vale uma pesquisa melhor sobre isso.

  • GTK2: o Pablo apresentou sobre a integração do PHP5 com o GTK2. A palestra foi bem parecida com a que ele apresentou no FISL deste ano, mas valeu pela demonstração de alguns aplicativos que ele desenvolveu, como um mp3 player e um gerenciado de fotos.

  • PHPUnit: esse é um assunto que eu preciso aprender cedo ou tarde, e esta palestra serviu para ajudar um pouco nesse aprendizado. O palestrante mostrou algumas dicas e exemplos muito úteis para desenvolver as classes de testes automatizados. A principal dica que anotei é desenvolver os testes antes de desenvolver as classes finais. Assim evita-se os testes “viciados”. Acho importante começar a usar estas técnicas para aumentar a qualidade dos aplicativos PHP.

  • Javascript, Ajax e Microformats, parte 1 e 2: As palestras feitas pelo Elcio e pelo Diego, da Visie, mostram que eles são mesmo “popstars” do desenvolvimento web no país. A palestra sobre Tableless do Diego estava completamente lotada, nem perto da porta consegui chegar. Por isso tiveram que mudar a palestra do Elcio para o auditório. Ele mostrou como usar o Javascript para garantir a interação da página sem perder a acessibilidade. Na segunda parte ele mostrou a utilização do JSON para trabalhar com Ajax. Eu já conhecia a tecnologia, mas gostei bastante da maneira como ele usou e apresentou, além da biblioteca Javascript que eles desenvolveram. Muito útil. Outra coisa que achei legal foi a qualidade dos “slides” usados. Fiquei com vergonha da minha apresentação heheh

O segundo dia era o mais esperado para mim. Primeiro porque eu iria fazer minhas apresentações e porque as palestras que mais esperava seriam neste dia. Para começar bem o dia, encontrei o Maddog tomando café no meu hotel, acompanhado de uma pessoa do projeto Debian. Queria tirar uma foto, mas fiquei com vergonha de atrapalhar o café do americano. Pena. As palestras:

  • Efficient debugging with Xdebug: a melhor palestra que assisti. Foi apresentada pelo alemão Derick, que trabalha na eZ Systems, empresa que desenvolve um framework bem legal, que já testei algum tempo atrás. Sua apresentação sobre o Xdebug vai ser muito útil para mim. Ele mostrou como usar esta extensão do PHP para facilitar o debug de aplicações PHP. Depois disso var_dump e print nunca mais! Vou configurar e testar no meu ambiente e quem sabe escrevo mais sobre o assunto. Uma coisa curiosa é que no primeiro dia o cara da Tempo Real me confundiu com o Derick no saguão do Hotel. Depois nós rimos disso quando eu fui comprar uma camiseta com ele. Bom, pelo menos não me confundiram com o Maddog.

  • CakePHP: essa palestra eu não posso dizer que foi boa ou ruim porque fui eu quem apresentou. Da minha parte só posso dizer que foi uma excelente platéia. A apresentação correu muito melhor do que eu imaginava. Sala cheia e pessoal participativo. Fizeram muitas perguntas e comentários, o que deixou a palestra muito melhor do que eu tinha planejado. Consegui desenvolver toda a aplicação de exemplo sem a lei de Murphy atrapalhar. Passei do tempo estipulado mas foi ótimo

  • Symfony: o mesmo da palestra anterior. Tinha menos pessoas que a de Cake, mas o pessoal também foi muito participativo. A grande maioria tinha assistido a palestra anterior o que foi legal, pois assim eles conseguiram fazer um paralelo entre as duas. Também passei do tempo. Desculpas novamente para o palestrante de Webservices que era logo em seguida.

Depois da palestra de Symfony eu fiquei conversando com algumas pessoas que se interessaram pelos frameworks. É muito legal isso, poder trocar informações com pessoas de outros lugares e com outras experiências.

Assisti um pedaço da palestra do Michelazzo sobre o Mambo e acabei indo embora. Estava bem cansado e além disso fiz alguns novos e excelentes amigos. Um pessoal muito legal de Brasília me convidou para racharmos o taxi e fazermos um turismo por SP. Fomos de metrô até o bairro da Liberdade, o bairro Japones. Muito bonito e exótico. Deu para comprar uma lembrancinha para a família. Além disso eles estão organizando um evento de PHP em Brasília em 2007 e surgiu a idéia de eu participar também. Legal! Tomara que dê tudo certo para eles. E assim acabou o PHP Conference. Na minha opinião o evento foi muito bom. Alguns problemas com as salas no primeiro dia, mas nada que atrapalhasse a qualidade do evento. O Brasil precisa mesmo de mais eventos sobre PHP. Estou esperando o próximo PHP Conference e outros eventos do gênero. Parabéns para o pessoal da ProPHP e da Tempo Real pela organização e obrigado a todos que participaram das minhas palestras.

As apresentações das minhas palestras estão aqui: Cake e Symfony

Algums fotos: http://www.flickr.com/photos/75298286@N00/