Lendo o rss deste blog encontrei um post interessante sobre como instalar a ferramenta dnsmasq para fazer cache de DNS na máquina local, aumentando a velocidade da navegação. A velocidade é aumentada porque cada vez que é digitado um endereço no navegador ou outra aplicação, este endereço é convertido para seu endereço IP. Com o dnsmasq um cache é criado com estas informações. Depois que você já usou o endereço uma vez é bem mais rápido esta conversão porque as informações estão locais. Instalei no meu Dapper e a diferença foi visível. A minha conexão com a Internet é através de uma  ADSL. Minha máquina recebe as configurações de rede do modem ADSL via DHCP. Traduzindo as informações do blog:

Para instalar ``dnsmasq é só:

sudo apt-get install dnsmasq

Depois é preciso configurá-lo. Para isto deve-se editar o arquivo:

sudo gedit /etc/dnsmasq.conf

Deve-se procurar a linha que tem o conteúdo

#listen-address =

e alterar para

listen-address=127.0.0.1

Lembrando que este é o endereço IP da máquina local.

Como citei, minha máquina recebe as informações de IP via DHCP, então é preciso configurar o arquivo:

sudo gedit /etc/dhcp3/dhclient.conf

Deve-se procurar a linha:

#prepend domain-name-servers 127.0.0.1;

e remover o comentário, ficando:

prepend domain-name-servers 127.0.0.1;

Desta maneira o cliente do dhcp vai manter a máquina local como servidor de nomes  sempre. Depois é preciso alterar o arquivo /etc/resolv.conf para adicionar a máquina local para ser um servidor de nomes. Então:

sudo gedit /etc/resolv.conf

O meu arquivo estava assim:

search dummy.net nameserver 192.168.200.254

e depois de alterado:

search dummy.net nameserver 127.0.0.1 nameserver 192.168.200.254 Estas informações serão diferentes em cada máquina, pois esta informação é recebida do seu DHCP ou é configurada manualmente. O que foi adicionado foi a linha nameserver 127.0.0.1

Depois é preciso reiniciar o dnsmasq para ele reconhecer as alterações de configuração:

sudo /etc/init.d/dnsmasq restart

Para testar é só navegar ou executar o comando dig. Exemplo. Executando o comando

dig ubuntu.org pela primeira vez ele levou 300 msec para encontrar o endereço IP. Nas próximas vezes isso caiu para 35 msec. No site original pode-se encontrar mais alguns exemplos que não testei porque não refletem meu ambiente.

``