None

Estou iniciando um novo projeto e aproveitei para mudar do CVS para o Subversion. 

Uma das coisas que achei interessante é o esquema de “hooks”. É um conceito parecido com “triggers” de bancos de dados. Você pode programar alguns scripts para serem executados em momentos específicos do ciclo gerenciado pelo SVN. As opções são:

post-commit.tmpl




post-lock.tmpl




post-revprop-change.tmpl




post-unlock.tmpl




pre-commit.tmpl




pre-lock.tmpl




pre-revprop-change.tmpl




pre-unlock.tmpl




start-commit.tmpl

Os nomes são auto-explicativos. Por exemplo, o script post-lock vai ser executado sempre após algum usuário ter feito o lock de um arquivo.

Estes arquivos estão armazenados no diretório _hooks _do repositório do projeto.

O que eu fiz foi alterar o post-commit.tmpl

É preciso remover a extensão do nome e dar permissão de execução no arquivo, então:

cp post-commit.tmpl post-commit




chmod +x post-commit

O conteúdo do arquivo ficou assim:

<span style="font-family:'Lucida Grande';line-height:19px;white-space:normal;"><span style="font-family:'Courier New';line-height:18px;white-space:pre;">REPOS="$1"</span></span>




REV="$2"




PROD="/var/www/html"




#pega todas as alteracoes




svnlook changed $REPOS --revision $REV >> /tmp/lixo_$REV




#pega cada alteracao e salva




for i in `cat /tmp/lixo_$REV|cut -c 5-1024` ; do




  svnlook cat $REPOS $i > $PROD/$i




done




#apagar arquivo




rm /tmp/lixo_$REV

Desta forma cada vez que um programador faz o commit do fonte ele é automaticamente salvo no htdocs, onde fica acessível para a equipe de testes. 

Lógico que esse script pode ser melhorado e isso está sendo executado em um servidor de desenvolvimento e não o de produção. Além disso eu comecei a usar o SVN somente agora, por isso, se alguém encontrar um problema ou erro na lógica me avisem :-)

comments powered by Disqus