Eu sou Elton Minetto, desenvolvedor, professor e empresário

Newsletter sobre PHP

- - | Comments

Alguém já falou que a moda e a tecnologia são duas coisas cíclicas. O que é moda e moderno hoje geralmente é algo antigo com uma nova abordagem.

E a newsletter é um destes exemplos. Com a enorme quantia de informações que encontramos todos os dias na Internet é difícil acompanhar tudo e por isso vem crescendo o número de newsletters sobre temas específicos, moderados por especialistas. Inspirado pelo amigo Osvaldo Santana e sua lista O Melhor da Internet estou lançando uma newsletter sobre PHP, assunto que eu venho estudando e usando no meu dia a dia por mais de 15 anos.

E assim nasce A semana: PHP, onde vou enviar todas as semanas uma lista de alguns posts que eu achei interessantes, dicas de livros, eventos, oportunidades profissionais, etc. Se a experiência der certo em breve eu pretendo criar outras edições sobre iOS, Android, Design, moderada por mim e por outros especialistas.

Então assine agora, compartilhe com os amigos, e nos vemos toda segunda-feira, na sua Inbox ;)

Palestra no Mobile Brazil Conference 2014

- - publicado em palestras | Comments

Em Novembro vai acontecer a segunda edição do Mobile Brazil Conference em São Paulo.

Infelizmente não pude comparecer na edição passada, mas nessa vou ter o prazer de palestrar junto com uma galera que eu admiro como o Diego Eis, Neto Marim, Bruno Koga entre outros.

A grade das palestras deve ser divulgada em breve, mas as inscrições já estão abertas. É uma grande oportunidade de aprender mais sobre esse universo fantástico dos aplicativos mobile e fazer bons contatos.

Curso de Doctrine no PHP Conference Brasil 2014

- - | Comments

E está chegando novamente aquela época do ano onde todos os programadores PHP migram para Osasco, para encontrar amigos, fazer novos contatos, assistir ótimas palestras, participar de cursos e encher a cara no PHPinga :)

Estou falando do PHP Conference Brasil o principal evento de PHP da América Latina. E este ano eu vou participar novamente ministrando um curso sobre Doctrine e outras atividades que ainda estão sendo planejadas.

O curso é baseado no meu e-book então ao se inscrever você já vai ganhar o livro e usá-lo durante o curso. As inscrições podem ser feitas pelo site do evento.

Nos vemos em Dezembro.

Se as empresas fossem bandas de rock

- - | Comments

Desde moleque sou fã de rock, heavy metal e todo os seus derivados. Quase cinco anos atrás eu e um amigo iniciamos uma empresa de desenvolvimento de software. Nada mais natural do que juntar as duas paixões e criar a Coderockr.

Um dos motes da empresa é “Bons programadores são únicos, assim como estrelas no mundo do rock”. Nesse post vou aumentar um pouco as analogias, envolvendo outras áreas das empresas.

O Manager

O Manager é a pessoa que negocia os shows, que assina os contratos da banda com gravadoras, que vende os direitos autorais das músicas. Os Beatles não seriam ninguém sem o Brian Epstein fazer sua parte e colocá-los em grandes contratos. A Apple ainda estaria na garagem do Woz se o Steve Jobs não tivesse colocado um terno e vendido os primeiros computadores.

O Tour Manager

É a pessoa que gerencia o dia a dia das tours. Que controla os custos, os horários, as passagens, a compra de equipamentos, o seguro da banda, etc. São os nossos gerentes de projetos, diretores, pessoas sem as quais as bandas e as empresas ficam perdidas, sem controle.

O Frontman

É aquela pessoa que serve de exemplo, de líder dentro da banda. As pessoas se inspiram nela, tanto os outros membros da banda quanto os fãs. Nas empresas esse papel é feito pelos líderes técnicos, pelos CTOs, pelas pessoas que estão no dia a dia da empresa ou de um projeto e que tem experiência e respeito do restante da equipe. São eles quem os gerentes vão procurar quando precisam detalhes mais técnicos e são eles que são procurados pelo restante da equipe para encontrar caminhos para resolver problemas. Na música temos grandes nomes como Ozzy Osbourne, Bruce Dickinson, Jimmy Page, Lemmy Kilmister.

A banda

São os astros do show. São eles que trazem o público para os estádios, que usam seu talento e esforço para gerar lucro para a banda. Nas empresas são os desenvolvedores, os médicos, os professores de uma escola, os engenheiros, pedreiros, etc. Tanto na música quanto nas empresas é preciso encontrar um grupo talentoso, esforçado e que consiga trabalhar bem em conjunto, em sincronia para criar grandes músicas e grandes projetos.

A Road crew

São os técnicos e pessoas que dão o suporte para que os shows aconteçam. Afinam instrumentos, garantem que o som está ajustado, que as luzes estão funcionando, que a banda tenha todos os recursos para desempenhar bem o seu papel no palco. Nas empresas são as pessoas que mantém as coisas funcionando, o pessoal do RH, da contabilidade, do financeiro, da limpeza, etc. São tão ou até mais importantes que a banda pois sem eles nada funciona.

Algumas pessoas podem acumular funções e papéis. Steve Harris é o baixista e também o Manager do Iron Maiden e em empresas pequenas é comum os sócios trabalharem em diversas funções. Também é comum um Roadie (estagiário) surgir com um grande riff de guitarra (ideia) para uma nova música (projeto) que a banda (empresa) está criando. Além disso é natural a mudança de papéis dentro da banda ou empresa, como o Lemmy que começou na road crew do Jimi Hendrix e hoje é o frontman do Motörhead.

É claro que essa é uma visão bem simplista das coisas, mas é apenas uma forma divertida de ver as funcionalidades de cada pedaço da empresa.

Falta de foco: o mal de uma geração?

- - publicado em carreira | Comments

Uma das minhas atribuições na Coderockr é encontrar novos talentos, tanto para nossos projetos quanto para nossos clientes (aliás, estamos sempre procurando desenvolvedores PHP, iOS e Android, então se tiver interesse envie um e-mail para jobs@coderockr.com). Ao conversar com antigos empregadores buscando referências é muito comum ouvir frases como:

“Fulano é um bom programador, mas não consegue manter o foco”

“Ciclano tem grande potencial mas vive perdendo a concentração, fica perdido em redes sociais e a qualidade do trabalho cai bastante”

“Beltrano é ótimo profissional, mas se passar uma mosca perto ele perde a concentração”

Percebo que esse comportamento é bem mais comum em profissionais mais novos, em início de carreira. Justo no momento onde devemos solidificar nosso nome, quando temos uma grande capacidade de aprender, de crescer. E as pessoas estão desperdiçando essa energia com distrações. Sem falar que podem criar um estigma ruim para seus nomes pois é difícil contratar ou indicar para alguém o “avoado”, o “distraído”, o “sem-foco”.

É óbvio que ninguém consegue sentar na frente do computador e trabalhar horas sem parar, sem um descanso, sem uma pausa para tomar um café, uma água, para ler e-mails e conversar com amigos e parentes nas redes sociais. Mas isso precisa ser uma atividade controlada, é preciso disciplina.

Eu posso dar duas dicas quanto a isso. A primeira é usar alguma técnica para organizar seu tempo, como a Pomodoro. Eu uso e o resultado é muito bom pois além de melhorar a concentração nas tarefas também ajuda a identificar e medir como você está usando seu tempo. E com as paradas programadas pela técnica é possível tomar um café, conversar com alguém, dar uma caminhada pela sala, comer algo.

A segunda dica é: ninguém vai morrer ou deixar de te amar se você não der Like naquele post, se você deixar a mention no Twitter para ser respondida mais tarde, se o e-mail não for respondido imediatamente, se a pessoa que te chamou no chat receber a resposta alguns minutos depois. Eu mantenho uma regra de urgência para as comunicações, do mais urgente para o menos: telefone, sms/whatsapp/iMessage, chat, e-mail. E respondo nessa ordem. Com isso consegui ter um pouco de paz e diminuir a ansiedade de responder as coisas na hora que a notificação chega.

Fica aqui uma dica, como programador, como gerente de projetos, como gerente de empresa. Não deixe as distrações da vida queimarem sua carreira.

Novas capas dos meus livros

- - publicado em livros | Comments

Com o início dos trabalhos com o Silex na prática resolvi dar uma revisada geral nas capas dos meus e-books. Pedi para o @thiagovieiracom me ajudar e ele fez um ótimo trabalho.

Confira o resultado nos links abaixo (aproveite para comprar se ainda não fez isso hehe):

Doctrine na prática

Zend Framework 2 na prática

Iniciando com o Zend Framework 2

Ainda falta aplicar no Zend Framework na prática e no Silex na prática, mas já deu para perceber a melhoria :)

Silex na prática

- - publicado em livro | Comments

Uma das melhores decisões da minha carreira sem dúvida foi escrever livros. Acho que herdei isto da minha mãe, que é escritora de poesias e crônicas, mas isto me trouxe diversas alegrias pessoais e bons negócios.

Então estou começando o processo de escrita de mais um e-book, o “Silex na prática”, seguindo a mesma lógica dos meus outros livros de mostrar uma abordagem mais “das trincheiras” do desenvolvimento.

O livro está bem no começo, mas se você quiser acompanhar as novidades, ser avisado do lançamento e ganhar um desconto especial quando ficar pronto é só cadastrar seu e-mail aqui.

Novo projeto: frameworksphp.com.br

- - | Comments

Estou tirando mais um projeto da gaveta: http://frameworksphp.com.br.

A ideia do site é fazer uma curadoria de conteúdos diversos sobre o mundo dos frameworks PHP. Posts, cursos, eventos, screencasts, etc.

Já comecei com algum conteúdo antigo que eu havia publicado aqui no site e algumas contribuições de profissionais que eu admiro.

Se você tiver alguma indicação de conteúdo é só avisar pelo formulário que está no rodapé da página, lá no http://frameworksphp.com.br